A última moda para os últimos dias

   A palavra “chique” de tão requintada todo mundo pode falar, mas andar “chique”nem todo mundo pode porque não tem dinheiro para pagar.

O mundo inteiro tenta procurar essa roupa ilustre, por isso todos penetram em lojas de pechinchas, dinheiro pouco a ser gasto, a pessoa sai com a sacola cheia de roupas, cheia de ideias a serem furadas e desgastas facilmente. 

Vai comprar fácil a eternidade pela metade do preço?

Se o ser humano soubesse... Ah, se soubesse que Aquele que é o Criador do blazer azul dos céus e dos vestidos de seda dos lírios também pode despir o ser humano das vestes velhas do pecado e também pode cobri-lo de um manto de santidade tão claro que o tornará irreconhecível!

Isso é moda. Essa é a moda do Reino dos céus! Uma roupa tão glamourosa que faz o imundo se esquivar daquele velho caminho torto. Vestes de alguém que Deus purificou...

O que é puro se compara ao Black tie para uma festa de gala. Que é digno (digno!) de entrar nessa festa? Aquele que um dia era sujo, arrependeu-se e reconheceu o Dono da festa da eternidade.

Saiba, queridíssimo, que a roupa pode sujar, se você se esquivar por um instante. Se cuide. No entanto você tem onde a lavar na Presença de Deus, o fornecedor do alvejante mais límpido que já existiu: o sangue de Jesus. 

Volto a dizer: cuide-se sempre para que, quando as portas da festa se fecharem, você cá esteja junto ao Anfitrião. 

Isso sim que eu chamo de moda dos últimos dias!

Toma via crônica.

Nenhum comentário: